quarta-feira, 14 de junho de 2017

Abelardo Germano da Hora


Desenhista, escultor, gravador e ceramista, nasceu na Usina Tiúma, em São Lourenço da Mata, em 1924. Estudou na Escola de Belas Artes do Recife e também é formado em Direito. 

Em 1942 trabalhou na oficina criada pelo industrial Ricardo Brennnand. Realizou sua primeira exposição em abril de 1948, na sede da Associação dos Empregados do Comércio do Recife: a mostra era composta de várias esculturas em concreto armado, com forte característica de crítica social muito em voga na época. 

No final da década de 1940, lançou o Atelier Coletivo, que foi uma das mais importantes experiências em artes plásticas em Pernambuco. 

Na década de 1950, começou a participar de exposições no exterior e foi, também, diretor da Divisão de Parques e Jardins da prefeitura do Recife, sendo autor de esculturas existentes em várias praças da cidade. 

Em 1962, foi um dos fundadores do Movimento de Cultura Popular, MCP, ocasião em que lançou um álbum de desenhos "Os Meninos do Recife". Considerado um dos mais importantes artistas plásticos brasileiros. 

Em 1986, a convite do Instituto de Arte Contemporânea de Paris, realiza sua primeira individual foram do Brasil: no Museu Debret, da embaixada brasileira na França.

Briografia retirada de NetSaber
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...